Séries

Direção: Mariana Fagundes Azevedo

Descrição: Apesar da clareza inequívoca de nossa Constituição Federal, são muitas as dificuldades que os povos originários do país enfrentam hoje, para garantir seu direito à terra. Esse é o tema da série Gente Awá. Para documentar e discutir a luta indígena pela terra no Brasil contemporâneo, a equipe do projeto viajou 29 mil quilômetros, entrevistando mais de 40 pessoas e ainda visitando sete comunidades indígenas. A série, composta de cinco episódios, faz um paralelo entre dois casos: os Awá-Guajá, do Maranhão, e os Guarani-Kaiowá, do Mato Grosso do Sul, etnias que vivem, respectivamente, dentro e fora da Amazônia legal. Por meio do diálogo com lideranças indígenas, pensadores e especialistas no assunto, a série busca mostrar que o desafio da luta pelo território continua marcando as comunidades indígenas no Brasil do século XXI.

Classificação Etária Indicativa: 12 anos

Ano de Produção: 2015

País de Origem:

Classificação Ancine: 01 - Obra Não Publicitária Brasileira, Constituinte de espaço qualificado e Independente.

Dias/Horários:

Detalhes Episódio (22/11/2018) Gente Awá NOSSA CASA: GUARANI-KAIOWÁ
Duração: 00:25:57
Sinopse: Considerados hoje o segundo maior grupo indígena do país, com quase 50 mil pessoas, os Guarani-Kaiowá enfrentam uma difícil situação social devido à forte pressão política do agronegócio. Diante da total impossibilidade de constituir uma vida digna nas antigas reservas onde até hoje estão confinados, eles organizam, desde os anos 80, um dos mais persistentes movimentos de luta pela terra no Brasil. O filme mostra as consequências da lentidão no processo judicial de seus territórios tradicionais na região do Mato Grosso do Sul. Atualmente, são mais de 30 acampamentos reivindicando a demarcação dos chamados tekoha, "o lugar onde se pode viver do nosso jeito".