Séries

Natureza Feminina

Direção: Ana Rieper

Descrição: Série documental que apresenta 13 ecossistemas brasileiros através do conhecimento de mulheres que vivem nesses ambientes. Ao abordar a vida dessas mulheres a série fala também sobre a condição feminina em diferentes lugares do Brasil.

Classificação Etária Indicativa: 12 anos

Ano de Produção: 2021

País de Origem: Brasil

Classificação Ancine: 01 - Obra Não Publicitária Brasileira, Constituinte de espaço qualificado e Independente.

Dias/Horários: Quinta às 09h00 / Sexta às 11h00 / Domingo às 13h00 / Segunda às 14h00 / Sábado às 19h30 / Terça às 21h30 / Quarta às 22h00

Detalhes Episódio (29/10/2021 - 11:00) Natureza Feminina BARCARENA
Duração: 00:29:45
Sinopse: Em Barcarena, cidade localizada no entorno de Belém, no Pará, vivem Sandra e Ana, que têm em comum a sobrevivência em uma região com constantes vazamentos nas barragens de rejeitos da Alunorte, maior refinaria de alumina do mundo. A floresta equatorial, que permitia aos ribeirinhos pescar, coletar frutos e manter pequenas plantações, tem hoje suas águas contaminadas e a população doente. Muitas famílias já abandonaram a região, aceitando a proposta do governo de relocação. Quem resiste, sofre ameaças e enfrenta a escassez de produtos da mata e dos rios, outrora férteis. Sandra, que venceu o medo do marido abusivo, acredita em resistência e luta. Vive com os filhos na casa que construiu nas terras que pertenciam à sua família, para onde voltou para resistir e garantir a posse, como remanescente de quilombo. Apesar das constantes ameaças à sua vida. A filha evita sair à noite ou desacompanhada, por medo de assédio, comum na região – onde os homens se sentem donos das mulheres. Ana – que vive em suas terras cercada por sobrinhos, netos, filhos - acredita que a mulher deve enfrentar com garra e coragem os desafios. Mas seu desafio é manter a casa e a floresta que ainda a cerca. Conhece muito bem as marés, a época de cada fruto e as árvores, especialmente a samaúna, maior árvore da floresta, a andirobeira, a inajá, o açaí, e tantas outras. Com raízes e folhas faz seus remédios, que curam desde reumatismo e anemia, até dores da alma.