Séries

Direção: Daniel Zarvos

Descrição: O Decola vai fundo em busca do Brasil que o Brasil não viu. A cada pouso, a andarilha Lili se mistura à teia cultural que compõe esse país de dimensões continentais. Com olhar apurado, mente aberta e movida por muita curiosidade, a viajante segue em busca da origem miscigenada, multiétnica e multilinguística do povo brasileiro. Partindo do sul da Bahia rumo ao coração da Floresta Amazônica, nas fronteiras com a Venezuela, Peru e Colômbia, a série acompanha os perrengues e apuros típicos de uma viagem de aventura. Para chegar até o destino, vale carona em diferentes meios de transportes, seja pelo rio, pelo mar, por terra ou pelo ar. Colecionando histórias de vida e encontros com personagens reais, o Decola convida a/o espectador/a a descobrir o Norte e o Nordeste do Brasil.

Classificação Etária Indicativa: Livre

Ano de Produção: 2022

País de Origem: Brasil

Classificação Ancine: 01 - Obra Não Publicitária Brasileira, Constituinte de espaço qualificado e Independente.

Dias/Horários: Quarta às 11h30 / Terça às 19h30 / Quinta às 20h30 / Domingo às 21h30 / Segunda às 22h00 / Sexta às 22h30 / Sábado às 23h30

Detalhes Episódio (30/06/2024 - 21:30) Decola Pará III
Duração: 00:26:00
Sinopse: Liliane Mutti parte de barco até a Ilha de Cotijuba, que fica a 20 quilômetros de Belém. Lá ela pega uma carona e vai até o MIB, movimento de Mulheres das Ilhas de Belém, uma associação que a mais de 20 anos movimenta a economia local pelo empoderamento feminino. De volta a Belém, Lili desembarca no bairro de Paracuri, localizado no município de Icoaraci. Este lugar se tornou um importante centro de produção de cerâmica devido ao seu terreno argiloso. Com o artesão Anísio Lili fica sabendo a diferença entre as cerâmicas marajoara e tapajônica. De volta ao centro de Belém do Pará, Lili conversa com Kátia, uma estilista que desafia o que o mercado convencionou a chamar de moda. À noite Lili vai ao terreiro do Babaçu, onde se celebra uma autêntica festa de Tambor de Mina.